As mães da saga Harry Potter - Lílian Evans Potter - Quero Detalhes

As mães da saga Harry Potter - Lílian Evans Potter

Publicado em terça-feira, 12 de maio de 2020

Para quem acompanhou a história do Harry, sabe que ele não cresceu ao lado de sua mãe, graças ao terrível massacre causado por Lord Voldemort em 31 de Outubro de 1981 lá em Godric´s Hollow. Após esse terrível dia, Harry foi levado por Hagrid ao encontro de Dumbledore e Minerva na rua dos Alfeneiros, número 4, onde o filme se inicia e toda a história também. 

Harry foi criado por seus tios, Valter e  Petúnia Dursley, e não recebeu nenhum tipo de amor dos dois. Porém, no decorrer da saga, Harry teve em sua vida diversas pessoas incríveis (outras nem tanto), e principalmente muitas mães que o ajudaram como podiam. E como esse é o mês das Mães, vim falar um pouco sobre as Mães da saga de Harry Potter. A primeira é Lílian Potter.

Lílian Potter - Harry Potter
Fonte: Reprodução

Não posso falar das mães presentes na saga, sem começar por Lílian. Ela nasceu em 30 de Janeiro de 1960 em uma família de trouxas e era a irmã mais nova de Petúnia Dursley. Sua família morava em Cokeworth e desde pequena começou a desenvolver seus dons de magia (mesmo sem saber ainda o que era). Foi só quando conheceu Severo Snape, ainda crianças, que descobriu os motivos de sempre conseguir fazer coisas estranhas aos olhos dos trouxas. Snape a contou sobre Hogwarts e sobre como queria ir logo para lá. Nessa época desenvolveram uma forte amizade, mais tarde se tornando amor, pelo menos por parte de Snape.

Em 1971, Lílian e Snape receberam a tão esperada carta de Hogwarts, deixando seus pais muito orgulhosos e despertando a inveja de Petúnia (que também queria ir para a escola de bruxos). 

Lílian Potter e Severo Snape
Fonte: Reprodução

Ao visitar o Beco Diagonal para comprar seu material escolar, comprou sua varinha de Salgueiro, com 26 cm, na loja do Senhor Olivaras.


Lílian foi escolhida pelo Chapéu Seletor para a Grifinória, onde conheceu seu futuro marido Tiago Potter. Severo Snape foi para a Sonserina, e por estarem em casas diferentes, com o tempo foram se afastando, inclusive pelo fato de Snape se interessar por magia das Trevas.

Ela era uma excelente aluna, sendo destaque principalmente em Poções. O professor que lecionava essa matéria na época era Horácio Slughorn e ela por ser uma de suas preferidas, foi chamada por ele para seu clube.

Clube do professor Horácio
Fonte: Reprodução

Sempre dedicada, conseguiu se tornar monitora em seu 5º ano e em seu 7º ano se tornou monitora chefe ao lado de Tiago. Em seus primeiros anos na escola, Lílian não gostava das atitudes de Tiago com os outros, mas o conhecendo melhor algum tempo depois, percebeu que tinha um bom coração, e o que fazia era para tentar chamar sua atenção. 

Com a proximidade de Tiago, Lílian acabou se afastando de Snape, principalmente por ele estar cada vez mais próximo dos Comensais da Morte a amizade dos dois se desmanchou totalmente, quando no quinto ano ao tentar defender Snape dos Marotos a chamou de sangue-ruim (a pior ofensa que um nascido trouxa pode receber).

Lílian se dedicou aos seus estudos e se casou com Tiago após se formarem em Hogwarts, em 1978. Depois da formatura, entraram também para a Ordem da Fênix, ao lado dos Marotos (Pedro Pettigrew, Remo Lupin e Sirius Black)

Tiago Potter e Lílian Evans
Fonte: Reprodução

Dois anos depois, em 1980, Harry Potter veio ao mundo sendo muito amado pelos pais. Nessa época, Lilian já não tinha mais contato com Petúnia (por preferência da própria Petúnia, que nunca aceitou o fato de somente Lílian ter desenvolvido os dons de magia e ela não).

Quando Harry nasceu, Voldemort já estava a sua procura, pois acreditava que ele era o garoto da profecia de Sibila Trelawney, onde ela previu que uma criança nascida em 31 de Julho de 1980 seria o responsável por sua derrota. Essa obsessão em encontrar a criança fez com que os Potter precisassem se esconder em Godric´s Hollow através do feitiço Fidelius. 

A princípio o fiel do segredo seria o melhor amigo de Tiago, Sirius Black. Mas para ele seria óbvio demais e Voldemort poderia descobrir mais rápido. Por isso escolheram Pedro Pettigrew para essa tarefa.

Pouco tempo depois, Pedro se mostrou um enorme traidor, entregando o local que Lílian e Tiago estavam escondidos com Harry a Lord Voldemort.

O bruxo das trevas os encontrou em 31 de Outubro de 1981, e graças ao sacrifício de Lílian, Harry ficou marcado com a proteção do amor, o que fez com que Voldemort não conseguisse tocá-lo. Ao lançar a maldição da morte em Harry, o feitiço ricocheteou e derrotou Voldemort temporariamente,deixando uma cicatriz em forma de raio na testa de Harry.

Voldemort não foi destruído nesse momento, pois como já havia criado as Horcruxes, não poderia morrer.

E é a partir desse triste episódio que toda a história começa. Após a morte de seus pais, Harry foi levado por Hagrid e Dumbledore, para a casa de seus únicos parentes vivos, Petúnia, que já tinha montado sua família com Válter e Duda Dursley.

Harry cresceu sem nem imaginar que era um bruxo e que só sobreviveu ao ataque de Voldemort graças ao sacrifício e coragem de sua mãe.

"Lílian tinha o dom de ver a beleza nos outros. Mesmo quando nem a própria pessoa conseguia enxergar isso em si mesma" - Remo Lupin, em Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban.

Lílian foi uma grande bruxa, que lutou bravamente junto com os outros membros da Ordem da Fênix. Ela aparece mais algumas vezes para Harry durante os outros filmes. Sendo a primeira vez na Pedra Filosofal, no espelho de Ojesed. Durante o retorno de Voldemort em o Cálice de Fogo e antes da Batalha de Hogwarts em as Relíquias da Morte.

Me acompanhe nas redes sociais: Facebook | Instagram | Pinterest

Nenhum comentário:

Postar um comentário