Quer reduzir a dívida do FIES? Então leia isso!


Reduzir o saldo devedor do FIES


O papo de hoje é sobre como reduzir o saldo devedor do FIES. Existe essa possibilidade? É sobre isso que vamos conversar. Bora comigo?


Antes de entrarmos neste assunto, sugiro a leitura de quatro posts que já fiz aqui sobre o FIES, não deixe de ler combinado? 


É só clicar nos links abaixo: 


👉 Descontos de até 92% da dívida do FIES, você foi contemplado?

👉 Como baixar o boleto de pagamento do FIES pelo site da caixa?

👉 Como consultar o saldo devedor do FIES?

👉 Vale a pena fazer o FIES?


Se você chegou até aqui, provavelmente já sabe o que é o FIES e como funciona, correto? Caso ainda tenha dúvidas, nos posts que indiquei acima tem várias informações que podem te ajudar. 


Mas, caso ainda fique alguma dúvida, pode deixar aqui nos comentários ou no instagram que será um prazer te ajudar. Afinal, só quem fez o FIES sabe como é ruim se sentir perdida pela falta de informações que eles passam, não é mesmo!? 


É possível reduzir o saldo devedor do FIES?


Essa é uma dúvida muito comum entre quem já se formou e quer se livrar o quanto antes da dívida (me incluo nessa lista), e sim, tem um jeito de reduzir o saldo devedor, através da amortização extraordinária.


Veja também: Resolução 51 de 22 de Julho de 2022 - Descontos autorizados pelo MEC podem chegar até 99%! 



O que é a Amortização Extraordinária?


Ao realizar um financiamento, o valor das prestações já incluem os juros e as taxas previstas. No caso do FIES esses juros são acrescentados nas parcelas mensalmente, assim, quando você começa a quitar as parcelas, o valor da dívida vai diminuindo, mas os juros e as taxas não. 


Por isso temos a sensação que o saldo devedor não diminui nunca. 


Mas com a amortização extraordinária isso pode mudar. A resolução de Nº 3516 do Banco Central do Brasil, fala que qualquer estudante pode optar por quitar ou abater o valor do saldo devedor, e o valor mínimo dessa amortização é de R$ 100,00.


E como você pode fazer isso?


A solicitação para a amortização extraordinária deve ser feita na agência que você assinou seu contrato. Mas vai preparada, pode ser que o agente que te atender não conheça essa forma de diminuir o saldo devedor (acredite, isso acontece. Na caixa por exemplo, que foi onde assinei meu contrato, o pessoal lá não sabe quase nada sobre o FIES. Precisei de muita paciência para que me ajudassem).


Vou te dar um exemplo pra ficar mais claro sobre a amortização extraordinária:


Suas parcelas mensais giram em torno de R$ 320,00. E você quer realizar a amortização extraordinária no mês que vem. Então, você vai precisar ir à sua agência com o valor que deseja quitar no total do saldo devedor em mente.


Vamos supor que seja um valor de R$ 350,00. O agente do seu banco vai alterar sua próxima parcela para que venha no valor de R$ 670,00 (somando o valor normal das suas parcelas mais o valor que você deseja abater). 


Assim, você consegue abater R$ 350,00 do seu saldo devedor total, sem os juros e acréscimos que seriam acrescidos nesse valor no decorrer dos pagamentos. Ficou claro?


Lembrando que você pode abater qualquer valor, desde que seja acima de R$ 100,00. E no exemplo acima, ao quitar os R$ 670,00 você pagaria duas parcelas em uma, reduzindo também a quantidade de parcelas finais que ainda faltam do seu contrato.


Caso o agente financeiro do seu banco se recuse a te ajudar com a amortização extraordinária, ou fale que essa possibilidade não existe informe o número da resolução 3516, e se mesmo assim continuarem resistentes, informe que você entrará em contato com o Banco Central.  


Agora me conta, já conhecia essa forma de reduzir o saldo devedor do FIES? Tem alguma outra dica? Deixe aqui nos comentários, vou adorar saber 😉


Veja também: A dívida do FIES prescreve depois de 5 anos?


Até mais!


Me acompanhe também nas redes sociais: Instagram I Pinterest I Facebook Youtube

Quer reduzir a dívida do FIES? Então leia isso! Quer reduzir a dívida do FIES? Então leia isso! Reviewed by Larrine on 03 abril Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.